quinta-feira, 5 de julho de 2007

Cadê as faltas??

Não sei se é espírito de porco ou pensamento de time pequeno mesmo. Se havia algo de positivo nos primeiros 25 minutos do jogo entre Brasil e Equador que acabou agora há pouco, era o reduzido número de faltas. Aos 23 minutos, apenas uma para cada lado. Coisa rara por essas bandas, e louvável, na minha opinião. Galvão Bueno, que já cansou de reclamar da excessiva quantidade de infrações do nosso futebol, resolveu criticar a escassez delas nesse jogo. Por que a mudança de discurso? Não faço idéia, talvez nem ele.

3 comentários:

Marcelo disse...

Creio que nem um nem outro, meu caro Rodrigão. O problema era mesmo FALTA do que comentar num jogo chatíssimo. Aliada é claro a, sempre em FALTA, FALTA de inteligência do nosso tradicional locutor (esses dias vi 10 minutos de fómula 1 e ele foi corrigido 3 vezes. Meu Deus ele faz isso a 100 anos!!). FALTOU foi você largar de mão essa quase dependência química de assistir jogos da seleção pela globo. Eu sei é difícil. Parece que a voz daquele mala nasceu junto com a seleção e é quase tão tradicional quanto a própria amarelinha. Mas resista. A ESPN Brasil está transmitindo a Copa América e vc sabe que ali não faltarão comentários inteligentes. Eu que estou viajando, não tenho como assistir a ESPN e vejo na Glogo por obrigação. Faz FALTA!

Rodrigo disse...

Marcelo, muitas vezes assisto na Globo porque a imagem é muito melhor. Mas ontem assisti lá mesmo porque sabia que seria mais produtivo para o blog :)). Aliás você me deu uma excelente idéia de assunto para um futuro post. Quando o jogo é transmitido em mais de uma emissora, qual escolher? Em breve, aqui..
Abs

Ricardo Amorim disse...

eu não vi o jogo, mas ouvi dizer que faltou futebol.